segunda-feira, junho 08, 2009

Um Par de Botas

Uma vez aliviado, respirei à larga, e deitei-me a fio comprido, enquanto os pés, e todo eu atrás deles, entrávamos numa relativa bem-aventurança. Então considerei que as botas apertadas são uma das maiores venturas da terra, porque, fazendo doer os pés, dão azo ao prazer de as descalçar. Mortifica os pés, desgraçado, desmortifica-os depois, e aí tens a felicidade barata, ao sabor dos sapateiros e de Epicuro. Enquanto esta idéia me trabalhava no faoso trapézio, lançava eu os olhos para a Tijuca, e via a aleijadinha perder-se no horizonte do pretérito, e sentia que o meu coração não tardaria também a descalçar as suas botas. E descalçou-as o lascivo. Quatro ou cinco dias depois, saboreava esse rápido, inefável e incoercível momento de gozo, que sucede a uma dor pungente, a uma preocupação, a um incômodo… Daqui inferi eu que a vida é o mais engenhoso dos fenômenos, porque só aguça a fome, com o fim de deparar a ocasião de comer, e não inventou os calos, senão porque eles aperfeiçoam a felicidade terrestre. Em verdade vos digo que toda a sabedoria humana não vale um par de botas curtas.
Machado de Assis in Memórias Póstumas de Brás Cubas

6 comentários:

Eduardo P.L disse...

Grande a atual ( porque etérno) Machado de Assis!
Ótima ilustração!

googala disse...

É o Charlie Chaplin.

pureza disse...

Eu adoro um bom par de botas. Não dessas de bico fino e salto alto. Gosto das de camurça ou de couro macio e maleável. Elas aderem e moldam os pés, dão um andar firme e confortável. Dão segurança, reforçam o ego.
Mortificar os pés paraliza o cérebro, não se pensa em mais nada, a não ser em libertar os pobres pezinhos de tamanho desconforto.

Dulcineia (Lília) disse...

Bom dia!
Vejo este post como um ovo da kinder, rs
De uma assentada, homenagem a Machado de assis, C Chaplin e ao momento pós-eleitoral, em que muitos devem estar a pensar "como vão descalçar a bota", rs
Em jovem, achei estranho o ditado inglês "para mal de amores, nada melhor que calçado apertado".
Até ao dia em que andei um dia inteiro com sapatos novos, rsrs. Aí entendi ...
Boa e positiva semana!

roserouge disse...

Lília, brilhante esta tirada "para mal de amores, nada melhor que calçado apertado". Lindo, palminhas, rsrsrsrsr... realmente não há nada pior que uns sapatos a comerem-nos os pés...rsrsr

Dulcineia (Lília) disse...

Roserouge,
Não é minha, a idéia. É dos ingleses, rsrs
abraço