segunda-feira, junho 29, 2009

Smoke

Continuando com os nossos inacreditáveis anúncios vintage, mesmo correndo o risco de despoletar a ira dos fundamentalistas anti-tabágicos... ... o Ronald "Voice of the Turtle" Reagan...
...um médico a aconselhar Luckies porque são menos irritantes,
um conselho a seguir, claro, pois se 20.679 médicos recomendam...
...seja moderno, mude para o moderno LM... menos alcatrão,
mas muito mais saboroso...
... e não há cigarro que satisfaça tanto como o Chesterfield...
... e o Oscar vai para:
Fume tranquila.
Que coisa impensável hoje em dia! As empresas tabaqueiras "prometiam" muita coisa, mas este anúncio vai para além dos limites do razoável, mesmo para os publicitários daquela época - anos 50. Os cigarros eram apresentados como um alívio para a garganta ou um símbolo de elegância e distinção. Utilizar crianças para sugerir que um inocente cigarro podia curar praticamente tudo, incluindo as neuroses das mães e donas de casa, foi um dos golpes mais baixos da indústria tabaqueira. Abuso infantil? Ora, mamã, não ralhes comigo! Vem cá, senta-te, fuma um cigarrinho e acalma-te, sim?...

6 comentários:

Alice Salles disse...

hahahahah!
Adoro, é incrível mesmo como as coisas mudaram...

myra disse...

passei por aqui e sabe, adorei, eu fumo sem parar!!!!!
abraço, myra landau

www.myra-parole.blogspot.com

Ví Leardi disse...

...gente este último é de doer...de tão absurdo...mas que era um charme antes de conhecermos todos os perigos isto lá era...quem é que não queria que seu namoradinho fumasse e ficasse parecido com este bonitões do cinema....Ah...Altri tempi!!! Beiijjocas!!!

Eduardo P.L disse...

Como não fumo...
Pronto, Bé, seu blog esta criado, pode começar a postar!

http://pedemoca.blogspot.com/

Bjs e muito sucesso!
Vamos ver se conseguimos não colocar os pés pelas mãos!
Um bom sub-título....

Conceição Duarte disse...

Que saudades desses anuncios coloridos...lindos! Vamos fumar um cigarrinho, sim!

Bjus CON

roserouge disse...

Anda, Con, bora lá. Tenho ali umas bem geladinhas no frigorífico... rsrsr