segunda-feira, janeiro 12, 2009

Cobain Unseen


Foto da capa tirada no Crocodile Cafe (Seattle) - Outono de 1992

A vida de Kurt Cobain contada através dos seus objectos e fotografias (cortesia Courtney Love), incluindo réplicas de bens tão preciosos como o manuscrito de "Smells Like Teen Spirits" ou os primeiros autocolantes (manufacturados) dos Nirvana. Inclui um CD de "spoken word" com Cobain em registo livre.
Autor: Charles C. Cross
Little, Brown & Company, 160 pags.
€21.14

Texto retirado integralmente da revista Blitz de Dezembro 2008.

3 comentários:

Alice Salles disse...

Bé! Tem esse player de blog que é todo bonitinho: http://www.myflashfetish.com/

Da pra parecer ipod e outras coisas mais!

Beijo

António Oliveira disse...

Se o livro se baseia em depoimentos da Courtney Love é capaz de não ser muito credível. No filme macabro que Kurt viveu nos últimos dias de vida, ela tem algumas culpas no cartório...
penso eu de que...

roserouge disse...

Alice, vou espreitar, obrigada!

António, penso que o livro não é só baseado em depoimentos da imbecil (detesto-a) da Courtney Love. Segundo o artigo da Blitz, foi ela que deu acesso ao escritor/jornalista Charles C. Cross a objectos pessoais, recordações, fotos de Kurt em criança que ninguém conhecia e outro tipo de memorabilia que ele coleccionava. Se fores à net, basta pores "cobain unseen", que logo vês mais detalhadamente sobre o que é o livro. Kurt escrevia em cima de qualquer coisa, a letra orignal de "smells like teen spirits" foi escrita num caderno de escola, a lápis e está toda rasurada. Muito interessante, o livro. Foi uma estupidez o que este homem fez a si próprio. Este jornalista já antes tinha escrito um livro sobre Kurt Cobain, mas numa perspectiva mais profissional, com os Nirvana. Como já disse anteriormente, arrependo-me e muito de não ter ido a Cascais vê-los. Dois meses depois, o homem matou-se.