terça-feira, janeiro 27, 2009

Escrito na Pedra


Diz a lenda que este senhor era tão distraído que nunca sabia a quantas andava. Conta-se que, um dia entrou pelo seu laboratório adentro com aquele ar despentado de sempre, se virou para um dos seus assistentes e perguntou:
- Desculpe, qual a porta por onde entrei agora?
- Entrou pela da esquerda, professor...
- Ah bom, então já almocei!
Outra dele: Einstein foi convidado para dar uma conferência numa universidade ou coisa do género. Quando foi anunciado e entrou na sala, o público levantou-se numa estrondosa ovação. Ele olhou muito espantado para a assistência, virou-se para um dos organizadores do evento e perguntou:
- Mas a quem estão todos a bater palmas?
- É para si, professor...
- Mas porquê? Eu ainda não falei nada...
Pela frase que deixou "escrita na pedra", parece que afinal até tinha os pés bem assentes na terra e o raciocínio muito mais lúcido do que aparentava.

8 comentários:

Al Kantara disse...

Foi escrito "na pedra" ou foi escrito "com a pedra" ?

PS-Desculpem mas não resisti ao humor fácil e imediato...

roserouge disse...

Ó Al, que raio de mau feitio, meu! Ainda hoje não fumei nada!

Eduardo P.L disse...

Ótima postagem. E pare de fumar DEFINITIVAMENTE! Tem coisas melhores a se fazer na vida! Quem fuma, não vive para faze-las....

roserouge disse...

Sim, patrão...

expressodalinha disse...

O nuclear não serve? É muito mais limpo...

Alice Salles disse...

hahahaha que barato. o eistein era um senhor adorável!

Eduardo P.L disse...

Concordo com a Alice. Adoraria te-lo conhecido!!!!!srsrs

Georgia disse...

Nao foi a toa que ele entrou para a história e a marcou.