quarta-feira, maio 13, 2009

The Reader

Continuando na semana dedicada às ilhas, desertas ou não. Digam-me lá: 100 livros conta apenas como um item, certo? Um rebanho com hum... digamos, umas 150 ovelhas conta apenas como um item, não é? E o estojo de maquilhagem? Com vários tubos de lipgloss, rimmel e lápis ou eye-liner? Sim, não pensem que vou para uma ilha deserta durante 10 anos de qualquer maneira, era o que faltava! Nunca se sabe quem é que se pode encontrar por lá, ao virar dum coqueiro, perdido também, uma mulher tem que estar preparada para tudo. Comé, ó Eduardo, podemos fazer trocas de bens com os outros 130 perdidos? E vender? Posso vender uma das minhas ovelhinhas? Mééééée...

27 comentários:

João Menéres disse...

Se é para esta ilha que tu vais, é uma pena.
Não nos encontraremos.
Achas que consegues meter aqui 150 ovelhas?
Ainda se fossem bois e vacas...
O pior é a ASAI!
Aparecia-te logo e fechava-te a loja por falta de condições.
Que condições?
-Sabe-se lá... Nem eles sabem, essa é boa.

Olha, se estás à espera de alguém, o melhor é estares sentada.

Sempre descansas um pouco dez anitos...
100 livros?
-Se for uma colecção, por mim, contava só como uma coisa.

pureza disse...

150 ovelhas? Não - 1 ovelha e um carneiro. Talvez um galo e uma galinha ( neste andar, só uma mini arca de noé...).
Humberto Eco, O nome da rosa para reler e trocar.Drumond, Pessoa, H.Helder... Dez anos, não é muita coisa?
Talvez, um torpedeiro para responder a críticas. Ah, e uma máquina fotográfica.

João Menéres disse...

Talvez um elefante para quando eu quiser um chuveiro...

ih! ih! ih!...

roserouge disse...

Ou então 120 ovelhas e 30 carneiros... para fazerem muitas ovelhinhas e para dar leite, queijo, manteiga, carninha...tenho que comer qualquer coisa para além de cocos, não?

roserouge disse...

Se lá aparecer algum da ASAE, espero que seja alguma coisa de jeito...

pureza disse...

Só se pensa em comida... e quando os cocos acabarem?
Água fresquinha, como é que é?

roserouge disse...

Ai, aquilo lá tem poço de água potável...tem, tem...

pureza disse...

Ah, assim, sim. Já posso embarcar nessa aventura.
Só ficam faltando algumas coisinhas, que vão se acomodando de acordo com as necessidades, como um parzinho para as noites de luar...

roserouge disse...

Pois, por isso é que é importante levar o estojo de maquilhagem, com os cremes e o rimmel e tal...

pureza disse...

Pôxa, rose, acho que tens razão. Talvez até um bom cirurgião plástico, um personal trainer... o que se pode encontrar no virar de um coqueiro... ( que não seja um coco na tua cabeça ).

roserouge disse...

rsrsr...acho que já percebeste...

disse...

...isto esta realmente virando uma farra...!
E cabemos todos ? o que mais na sua lista? Adorei o elefante do Jõao..também quero, na minha lista sugerida não tem...!

pureza disse...

Parece que esta "solidão dos 130" está descambando para o encontro do par perfeito - que não seria uma má ideia...

Georgia disse...

Tu tá querendo fazer dinheiro lá e ficar rica em troca das vendas ovelhinhas e que estória é essa de 130? A ilha nao é deserta? Eu quero uma ilha só prá mim, buáaaaaaaaaa, afinal essa é a minha única chance de ter uma ilha, ahahahahahhahah!!! Já preparei as estadas para pregar na ilha: Este sitio pertence a Georgia Aegerter, pisar é proibido tem que pagar pedágio, hahahahahhahaah!!!

Boa essa nao?


Bjus

roserouge disse...

óptima, Georgia! E se quiseres leitinho e queijinho, tens que comprar uma ovelha! Ou duas. Mas não vendo um carneiro e uma ovelha, não...

Eduardo P.L disse...

Calma, calma! Tem ilha para todos! Os que quiserem ficar na solidão, os 10 anos, tem ilhas pequenas, à disposição! Quem quiser participar da farra, tem ilhas para mais de 130, e seus acompanhantes!...
As unidades válidas são muito variáveis. Uma biblioteca pode ser uma unidade, e tem mais de 100 livros! Agora uma cabra, ou um carneiro valem por uma unidade cada um!
Uma caaixa de vinho, pode, e tem 12 garrafas! Continuo insistindo nas GARRAFAS! Elas poderão ser uteis!

pureza disse...

Estas mulheres são muito empreendedoras, já visam grandes negócios...
Uma ideia tão singela, tão naturalista, respeito ao planeta, cultura ambiental e intelectual...
Mas não - elas já pensam em investimentos. Vender ovelhinhas, cobrar pedágio... Não tem jeito, está no sangue. Em pouco tempo estaríamos construindo um Dubai 2, um resort à beira mar plantado ou perfurando a terra à procura de petróleo.
Mas o Eduardo tem razão - garrafas, cheias ou vazias são sempre úteis.

roserouge disse...

É claro que vai ser uma farra! Um ilha só é deserta até chegar lá alguém. Ninguém disse que a ilha tem que continuar deserta durante os próximos 10 anos, não é? Portanto, pode reunir perfeitamente 130 blogueiros tresloucados...

roserouge disse...

Cheias a pricípio, claro. A gente depois logo se encarrega de esvaziar...

João Menéres disse...

Levas whisky de malte?
-Dás-me um golinho de quando em quando?
Logo se vê qual a moeda de troca.

expressodalinha disse...

Confesso que já lá estive. Como sou da produção... Aquilo é completamente deserto. Tem uma palmeira esminfrada e mais nada. Não leves as ovelhas que morrem todas. O rimel sim, que é para quando te vierem salvar estares apetitosa!

pureza disse...

Pronto, o expressodalinha já acabou com a nossa super produção. Só podemos levar o rímel... Meio pobrezinho, não é?
Mas ainda podemos exigir da produção que nos arrange uma ilha mais jeitosa, mais apetitosa.
Afinal, isto tem uma dimensão cultural e finalidades e afinidades múltiplas...

roserouge disse...

Xi pá, ainda não é desta que fico rica a explorar os esfomeados blogueiros... tenho que refazer a lista de prioridades, raisparta...

expressodalinha disse...

Pois, a vida das mulheres é muito dura!

Dulcineia (Lília) disse...

Bem...

Tenho um feeling que afinal vamos todos para a mesma ilha, rsrsr

Eu levo 4 amigos e cada um deles 5 itens.

Será que a ilha não afunda com tanta gente????

Abraço

peri s.c. disse...

Um bom hotel completinho, com uma adega muito bem provisionada, ótima cozinha com vários chefs e despensa farta, e tudo mais de direiro, inclusive o pessoal da recepção com aquele livro de fotografias de acompanhantes cinematográfias à disposição 24h/dia, é um ítem ?

João Menéres disse...

PERI

Com um suborno discreto, quem sabe?