quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Brown Sugar

Nem os Stones escaparam à Core Values da Louis Vuitton. Não, não é o Mick Jagger e seu eterno sex-appeal e sim o mais decrépito de todos, o guitarrista Keith Richards (ou o que sobrou dele) e sua querida Gibson. A magia de Annie Leibovitz conseguiu aqui dar-lhe um aspecto mais ou menos aceitável. Talvez a mensagem da campanha seja a de que para fazer parte do selecto grupo consumidor dos produtos LV, sua aparência não importa. Basta ter o bolso cheio. Pra ilustrar o que sobrou da sanidade mental de Keith após tantos anos de abusos, sua observação ao analisar o resultado da foto: “Parece um Rembrandt!”.
"Some journeys cannot be put into words". (ah, pois não...)

11 comentários:

João Menéres disse...

Não admira a confusão : ele estava sem óculos.

GUGA ALAYON disse...

Esta tal de Gibson saiu bem na foto. Não tá nem arranhada! Só podia ser da Annie...

roserouge disse...

Pois...seria de esperar que estivesse toda arranhada da ressaca...rsrsrs...

expressodalinha disse...

Essa coisa de Viton não conseguiu foi fazer uma mala para a guitarra. Esse é o fracasso desta foto.

expressodalinha disse...

ET: belo cabeçalho novo. Gosto.

Alice Salles disse...

Coitado! Ele é decrépto mas é praticamente patrimonio historico!

roserouge disse...

Daqui é que não se percebe bem o tamanho da mala, mas é para guardar a guitarra sim... a idéia é essa.

expressodalinha disse...

Ah, mas é para guitarra baixo. Aquilo é uma Les Paul. Fica bem com cuvas. A Biton não percebe nada disto!

disse...

Fui vê-lo no Rio...a energia assusta ...mas parece uma passa ...assusta mais!

GUGA ALAYON disse...

Vi, "passa boa é a passada".ahahah

Al Kantara disse...

Expresso, aquilo não é uma Les Paul. Salvo melhor opinião, é uma CS-356...