sexta-feira, outubro 10, 2008

Dexter

Eu adoro o Dexter. É o meu assassino em série favorito. A ambiguidade moral deste personagem psicopata que persegue outros psicopatas e que por uma razão qualquer escaparam à justiça é absolutamente fascinante. Para ele, o acto de matar um psicopata assassino assume contornos cerimoniosos quase rituais. Ele não hesita. Ele não tem dúvidas. Onde começa e acaba a linha que separa um homem bom dum homem mau? Se calhar, não existe. Eu vou continuar a ver a série. Absolutely.

6 comentários:

Eduardo P L disse...

Nunca vi, mas é do que mais gosto: "policial" e se possível sem culpas!

expressodalinha disse...

Isto não é bem um policial. É algo mórbido e psicopático. Mas é como a Rose diz: imperdível!

disse...

Ja´tens um "rosto"...forte e expressivo...bjs

Silvares disse...

A melhor série de TV que me lembro de ter visto. É difícil encontrar algo mais inteligente, divertido e, sobretudo, tão intenso quanto este Dexter, terrível Dexter... estou a falar de séries de TV, "of course"...

Anónimo disse...

o luís diz que eu sou parecido com ele.

manel

roserouge disse...

Por acaso também acho, manel. És muito parecido com o Dexter. Bjs