terça-feira, julho 14, 2009

Tertúlia Virtual - Tema Livre

A AMIZADE
A Amizade é uma filigrana de encontros e cada encontro é uma prova.

Arganil. Fazendo compras para o jantar.

A Amizade é uma forma de amor. A Amizade é a forma ética do amor.

Dissemos que a Amizade é a forma ética do amor. Mas a Amizade é também preferência. Ser amigo é ser sempre também mais amado, ser preferido a todos,
a qualquer outro, à imensa massa anónima dos outros.

O dia vai ser longo. Há que meter combustível...

Perdidos na Serra do Açor... é por aqui. Não é nada, é por ali...

Aaaah, que alívio, tão booom!...

A amizade é um estado nascente, uma instituição ou um quotidiano?

O amigo é aquele com quem aprendemos a utilizar os recursos,
a manipular o mundo. O encontro, é fazer uma pedaço de estrada juntos.
Ambos, portanto, temos que estar em movimento.

A amizade é, na sua essência, uma relação entre dois indivíduos isolados,
donos de si próprios. E é um encontro entre iguais.

Dá aí uma ajudinha, ó pequena...

Sempre metidas na gaveta, raisparta...

O amigo é o nosso cúmplice, aquele que nos ajuda a conquistar.

Deixa lá ver como é que isto fica assim... Está muito perto...
Não está nada... Experimenta lá... Já está?

Ah, agora sim! Ena...

O amigo mantém-se, no fundo, o companheiro de caça e de guerra, aquele
que esteve a nosso lado na actividade de exploração e de conquista do mundo.

Ah, pôças, afinal era para trás. Vês, quem é que tinha razão?
Dá aí a volta à trotinete...

Admirando a qualidade do feijão verde da D. Celeste.

Soito da Ruiva. Em casa do Sr. António e da D. Celeste.

A gente não queria... obrigaram-nos...

Vou lá dentro buscar mais um bocadinho de água das pedras...

Esta senhora aqui de azul, apresentou-me a todos os seus patos, perús, galos,
galinhas, coelhos, borregos, cabras, porcos e até ao burro.
Oubelá, ó gaijo, táz a guerer gamar o japéu de zol do Xô António, ó quê?!

E depois do delicioso presunto e do excelente vinho caseiro, tirado directamente da pipa, nada como uma boa matraquilhada para fazer a digestão...

É no interior deste novelo de relações e de emoções que temos os encontros que constituem a Amizade. A Amizade não é qualquer coisa que surge toda inteira de um lado e em contraste com a vida. Surge na luta. Tem necessidade das ansiedades, dos perigos, da incerteza, da mentira, da hipocrisia, das dúvidas. A Amizade é uma ilha de ética num mundo privado de moral, onde há a guerra de todos contra todos.
Há mais amigos. Mas não cabem agora aqui. Fica para a próxima. A AMIZADE é a coisa mais linda que há. Brindemos!

Agosto 2007 - Arganil, Fontão, Mouronho, Tábua, Mata da Margaraça, Fraga da Pena, Penacova, Serra do Açor, Pomares, Avô, Sobral Magro, Soito da Ruiva, Luadas e demais vilas e aldeias da Beira Alta.
Fonte (a verde):
A Amizade - Francesco Alberoni

21 comentários:

Menina do mar disse...

Brindemos! Que linda homenagem!

peri s.c. disse...

Livres como um taxi.

Spark disse...

Post Excelente, Bé!

Beijinho

João Menéres disse...

Na TERTÚLIA VIRTUAL foram vividos dias de grande Amizada, como aquela que uma pequena de jeans azuis e blusa preta faz recordar numa excelenre sintonia de ideais.

Parabéns!

Um beijo.

Francisco Castelo Branco disse...

Concordo com Joao Meneres

e estas fotos demonstram bem o valor da amizade

Eduardo P.L disse...

Amiga Bé, fizestes uma epopéia fotografica que demonstra, perfeita e cabalmente, o valor da amizade.
Só não falastes dos amigos virtuais, às vezes, mais presentes do que os reais!
Muito obrigado por esta sua participação na derradeira Tertúlia, mas que as amizades aqui feitas perdurem!

Bjs

roserouge disse...

Xi... deu bode...
Tens razão, amigo Eduardo, não falei textualmente nas amizades virtuais, mas elas estão implícitas. Se leres bem o texto a verde, o significado está lá bem subjacente, é só ler nas entrelinhas... vocês, lá longe, estão cá no meu coração e já não passo sem vocês, também é verdade. Quando cá voltares outra vez e me conheceres, vais ver o valor da minha amizade: concedo-te o previlégio de me fazeres uma massagem nos meus lindos pézinhos... vais ver que vais gostar. Eu vou de certeza... (será que me safei com esta?!) Beijos e abraços com muita AMIZADE!

pureza disse...

Muito bom, rosaflor, é essa a imagem que eu tenho de ti em relação aos teus amigos e mesmo com todo o pessoal que está aqui diariamente contigo. Afinal, acabamos por nos identificar sempre com este ou aquele vizinho e criando vínculos, mesmo que sejam apenas virtuais.
E ficou esta sensação - ser tua amiga deve ser um privilégio.

roserouge disse...

Ai Pureza, obrigada, que coisa bonita de se dizer! Mas olha que eles queixam-se que tenho mau feitio... Tu és lixada!! dizem eles. Eu cá não sei de nada.

belabarbosa disse...

Que lindo, Maribé, até me vieram as lágrimas aos olhos.
E não estou a gozar, a sério que não, ainda estou no escritório a dar no duro e depois de ver estas fotos e ler as tuas palavras fiquei com o nó na garganta, fui fumar um cigarrito à janela para desanuviar as ideias (não contes a ninguém porque já não podemos fumar aqui) e por-me a pensar que são estes momentos de verdadeira amizade e camaradagem que fazem com que a vida valha a pena ser vivida.
Penso até que a amizade, ou o amor, porque afinal é disso que se trata, é na verdade a essência da vida.
Ok, isto é um bocado lamechas, mas é o que eu sinto cada vez mais.

Brindemos então à AMIZADE!

"All you need is Love, Love, Love is all you need".

Beijos ;0)
Bela

ps - A senhora do feijão verde não é D. Celeste, é D. Rosa.

E já agora... obrigada!

roserouge disse...

Pois, eu não me lembrava do nome da senhora e como achei que ela tinha cara de Celeste... e como também não vai ler isto... foi um dia fantástico, pois foi. Muito a gente se riu. Obrigada eu.

expressodalinha disse...

Já fui muito feliz na Mta da Margaraça e tb. já li o livro. Bela homenagem a tua àquilo que há de mais sagrado e que não depende do equívoco sexual: a amizade.

roserouge disse...

E tu compreendes bem o que digo porque também conheces estas pessoas. E a Mata da Margaraça é um local mágico. E os banhos nas piscinas naturais da Fraga da Pena? Ai, eu...

Sandra disse...

roserouge!
Incrivel como esta tertulia Virtual mexeu com todos.
Cada um tem um sentimento a expressar. Também não é para menos.
Quantas amizades se fez, nesse perído de tempo.
Foi muito bom enquanto durou.
Parabens pela postagem.
Ficou muito dez.
Com carinho
Sandra

sonia a. mascaro disse...

Uma viagem pelos caminhos da amizade! Gostei!
Um abraço.

Selena Sartorelo disse...

Olá roserouge, leio com frequência alguns de teus comentários escritos por blgs comuns. E hoje acho que por conta dessa despedida, acabei aqui. O que me deu muita alegria na semelhança de opiniões. Amigo e saber respeitar criar e fazer crescer uma amizade em tons e diferentes intensidades.
Define e explica bem, além evidentemente de nos levar juntos a essa viagem calorosa e descompromissada de qualquer coisa além da sinceridade e aproveitamento dos momentos vividos.
Na verdade, acho que gostei mais do que imaginava que iria gostar, na verdade fiquei surpresa pelas boas energias que emana...sem maiores considerações, pois sei que entende minha sinceridade direta e agora não acho que desnecessária, apenas comprovo tuas palavras por outros aspectos claro.
beijos, e boa viagem.

Claire disse...

Olha os meus grandes amigos queridos! beijos beijos beijos

Dulcineia (Lília) disse...

Roserouge,
Uma bonita homenagem . Obrigada pela partilha! À pála das "lacunas", alguém já ganhou uma massagem aos pés... é caso para perguntar: será que foram propositadas? as "lacunas"? hahaha
E brindo: À amizade, uma das muitas manifestações do Amor!
Beijinho
Lília
PS: doravante, sempre que as "ditas" se "enfiarem na gaveta", nunca mais será a mesma coisa. Vou lembrar o "raisparta...", rs

Quase Blog da Li disse...

Cheguei aqui com as "águas que correm não criam lodo"
e lavou a minha alma!
Encontrei aqui a definição mais que perfeita para o sentimento tão raro hoje em dia; " Amizade é a forma ética do amor".
Obrigada pela lição.
li

Compondo o olhar ... disse...

lindo... adorei!! realmente amigo é para todas as horas!!!
pena que esta seja a última tertulia, mas com ela fica a amizade e o carinho que ela nos proporcionou a todos nós!!! aguardamos novos projetos destes amigos incriveis...

bjocas

ps: tbm participo.

roserouge disse...

Ainda bem que gostaram, eu gostei muito de ter feito este post, conheço estas pessoas há muitos anos e temos partilhado riquezas e misérias e zangamo-nos de vez em quando e discutimos e rimos e mandamo-nos uns aos outros pró... à merda, pronto, mas faz parte. Tenho amigos que visitam o meu blog, mas não comentam (não gostam e eu respeito) e que ligaram para falarmos sobre isto. Amigos de sangue.