segunda-feira, julho 20, 2009

Good Luck, Mr. Gorsky!

Depois de proferir a sua famosa frase assim que pisou a Lua – Um pequeno passo para o Homem, um salto gigante para a Humanidade - e imediatamente antes de entrar novamente no módulo lunar, Neil Armstrong disse uma coisa muito curiosa: Boa Sorte, Sr. Gorsky!
Cá em baixo, na NASA, toda a gente pensou que fosse uma piada particular a algum astronauta rival da então União Soviética. Depois de muito pesquisarem, chegaram à conclusão que, do programa espacial soviético, não fazia parte nenhum cosmonauta chamado Gorsky.

Ao longo dos anos e, sempre que perguntavam a Armstrong o que queria aquilo dizer, ele sorria enigmaticamente e não respondia. Até que, no dia 5 de Julho de 1995, em Tampa Bay, Florida, e durante uma conferência de imprensa numa Universidade depois de ter dado uma palestra, um jornalista tornou a perguntar-lhe o que queria dizer aquele Boa sorte, Sr. Gorsky! Desta vez, e porque o velhote já tinha morrido, ele desfez o mistério. Contou ele então que, em 1938, quando era criança numa pequena cidade do Midwest, tinha uns vizinhos chamados Gorsky. Estava com um amigo a jogar baseball, quando ao dar uma tacada com mais força, a bola foi parar ao quintal dos Gorsky, indo cair mesmo por baixo da janela do quarto deles.
Ao aproximar-se da janela para apanhar a bola, ouviu uma discussão entre eles. E dizia então a senhora Gorsky para o marido: “Sexo oral? Queres sexo oral? Sabes quando é que vais ter sexo oral? Quando o miúdo aqui do lado puser os pés na Lua!”
Dizem que esta história é verdadeira. Ou será mais um mito urbano?

8 comentários:

Eduardo P.L disse...

Mais um mito, mas não deixa de ser engraçada!E como toda boa anedota, bem construida!

bjs

roserouge disse...

As coisas que eles inventam...

João Menéres disse...

Não sei se é um mito...
Mas que é de partir a moca, lá isso é !!!

Estás no teu melhor, madrinha.

peri s.c. disse...

Sabe-se se o casal Gorsky ainda era vivo em 69 ?
( Oops ! 69 ? )

peri s.c. disse...

Outra ótima frase, pouco midiática e portanto pouco veiculada, foi a do segundo astronauta, "Buzz" Aldrin, logo que também pôs os pés na Lua : " Que notável desolação "

roserouge disse...

Peri, acho que em 69 (ooops, 69?) o casal Gorsky ainda era vivo, por isso é que ele só desvendou a coisa em 95, depois de terem morrido. E essa frase do Aldrin é brilhante, não conhecia, pois aquilo lá em cima não se passa nada, é só pó. E parece que aquilo cheira mal, a enxofre!

Ví Leardi disse...

...que delícia de história,melhor ainda depois do comentário do Peri..aliás suas sacadas são sempre genius!!!!
beiijus

Dulcineia (Lília) disse...

Uma delícia de história mesmo, rs Nem me passava pela cabeça.
Não sei a que baú irás desencantar estas preciosidades. Nem quero saber. Desde que as continues a colocar em post...
Beijinho