quarta-feira, dezembro 17, 2008

Clube de Combate


"O álcool não consola, não preenche os vazios psicológicos, mas supre a ausência de Deus. Não compensa o homem. Pelo contrário, anima a sua loucura, transporta-o a regiões supremas onde é mestre do seu próprio destino".
Marguerite Duras

9 comentários:

Alice Salles disse...

Ah.... o álcool não preenche nada, finge que. E não poderia existir citação mais perfeita que essa para a imagem!

peri s.c. disse...

RR
Vide a resposta que dei ao Valter em minha postagem de hoje, um cartum do Jaguar, um dos mais fantásticos e escrachados cartunista que temos, além de um expert em todas as instâncias do alcool. Imperdível seu livro : " Confesso que bebi" ( um guia dos botecos cariocas, eh, eh, quase todos.)

Spark disse...

Hiiip!!! 8I

Ah, e essa imagem é de um grande livro do Lucky Luke "Billy the Kid".

roserouge disse...

Peri, naquele tempo não havia feijoada...

Eduardo P.L disse...

Bar: terra onde os homens se encontram! Bebem e se desentendem!

PAULO LONTRO disse...

Neste quadrado do Lucky Luke só falta mesmo o pianista, que continua a tocar imperturbável, com a sua famosa placa colada no piano a dizer, “não atirem no pianista”.
Dadas as circunstâncias provocadas pelo “sangue no álcool”, provavelmente, mesmo que disparassem nunca lhe acertariam.

Ana R. disse...

Quem terá a capacidade de ser mestre do próprio destino, afinal?
Adorei o blog!

roserouge disse...

Obrigada, Ana. Sê muito bem vinda.

Silvares disse...

E a referência ao "Fight Club" fecha o círculo que assim fica com forma de elipse (com que então arquitecto, hein? Vá lá, podias ter-me chamado "inginheiro"...)