quinta-feira, maio 13, 2010

O Gerânio

Flannery O'Connor
1925-1964


O GERÂNIO
Flannery O'Connor
Edição inédita a nível internacional.

Nesta edição reúnem-se num único volume, e pela primeira vez, todos os contos que Flannery O’Connor foi publicando, de forma dispersa, em revistas literárias. Alvo de rasgados elogios e de múltiplos prémios, estes contos percorrem toda a carreira literária desta importante autora. Com esta publicação conclui-se a tradução integral para língua portuguesa da sua obra ficcional.

"O universo de O’Connor é contagioso como um vício lento."
- José Guardado Moreira, Expresso

11 comentários:

roserouge disse...

Eu ADORO esta escritora, recomendo vivamente.

João Menéres disse...

Não conhecia.
Tenho que roubar horas à blogosfera para não andar tão por fora...

RR: O amrelo aplicado nas datas de nascimento e morte da autora são de difícil leitura sobre o branco do fundo.

roserouge disse...

Branco, João? Este é cinzento, mas tá bem, vou evitar. Bj.

João Menéres disse...

RR

Eu distingo ascores!
AQUI, o fundo é branco casca de ovo.
O 1925-1964 vê-se MUITO MAL !

Olha, (Para onde? - costumo perguntar eu quando numa conversa me dizem >OLHA< ), esta manhã já encomendei na livraria ali da esquina (A minha esquina tem tudo: 3 instituições bancárias, um oculista, uma lavandaria, uma casa de fotografia, uma barbeira - onde me tratam do cabelo, isto é, onde a Maria corta o meu cabelo -, um quiosque que tem tudo que possas imaginar - mas onde ainda não acertei no estupôr do Euromilhões! - um restaurante com marisco e não só, uma farmácia óptima. Em frente a este lado, há a Livraria ESTUDO, uma pastelaria com snack - onde lancho quase diariamente - uma drogaria - que não vende drogas - , uma loja de confecções para H e S, e, logo depois, a indispensável - julgavas que não tinha, era?- loja dos chineses, em dois pisos com 600m2)
E, aqui, na Av, e portanto mais perto de casa,
um café todo IN, a TMN e para cima a Vodafone!).
ONDE É QUE EU IA?
Ah!...no encomendar !
Pois!
Já encomendei o livro O GERÂNIO e, por causa das coisas - sei lá quando vou à FNAC...) o livro que o SILVARES e o EDUARDO recomendaram:
ROMANCE EM BARCELONA.

Olha o que fez uma cor amarela e um cinza que o não é (AQUI, no Mac) !

Um beijo para um bom fim de semana.

raisuna adimar disse...

tu blog es gracioso...

o´connor lê-se ...edição inédita num é ..houve peqenas colectaneas de contos

João Menéres disse...

Esqueci-me de mencionar o supermercado Ponto Fresco que está situado na esquina e onde, entre outras coisitas, compro o chocolate para umbem dormir...

Beijos.

roserouge disse...

João: adorava morar num lugar assim, com tudo à porta. Adorei "conhecer" o teu bairro, ao melhor estilo Paul Auster, em Brooklyn. Aqui onde moro, até para comprar um pacote de leite, tenho que pegar no carro até ao super mercado mais próximo. Grrrrrrr...

roserouge disse...

Raisuna: de acordo com a editora Cavalo de Ferro, este livro é uma colectânea de contos. A O'Connor tem outras colectâneas sim, uma delas, "Um bom homem é difícil de encontrar", está ali na estante. Um pequeno livro recheado de grandes histórias maravilhosas.

João Menéres disse...

Na verdade, não é exactamente um bairro.
É, sim, uma zona óptima...

Um beijo.

roserouge disse...

Pois, imagino. Gente fina é outra coisa... Bjs.

João Menéres disse...

Gente fina?
Tenho 77 kg, mais 7 do que manda o regulamento!
E sabes onde estão eles?
Acima e abaixo do umbigo!
O Eduardo MANDOU-ME parar EM ABSOLUTO com o pão.
Às vezes, consigo comer um niquinho. Mas, gosto tanto que...


Um beijo, RR.