segunda-feira, julho 26, 2010

Summer Night


Não sei onde é que vou arranjar dinheiro para isto tudo, vou mesmo ter que ir roubar este mês... mas John Surman e Jack DeJohnette já ninguém me tira. Devia de haver um subsídio cultural, ou coisa que o valha, não acham?! Seria uma boa medida para incentivar o acesso à cultura, criar um plafond mensal ou assim. Por exemplo: vou ver dois ou três concertos ou peças de teatro por mês ou até mesmo outro evento qualquer e depois apresentava a conta ao Ministério da Cultura ou outra entidade do género cheia de assessores e assessores de assessores e secretárias de assessores e eles diziam - oh, que linda menina, que amiga que ela é de bons espectáculos, assim é que é, toma lá de volta o dinheiro dos bilhetes e vai comprar mais!... Whaaat?! Estou a dizer disparates? Estou a sonhar? A delirar? Estão 40º lá fora, estão à espera do quê?! Mas não era bom que assim fosse? Era, não era?!?!
(...I simply remember my favorite things, and then I don't feeeeeel sooo baaaaaad.)

6 comentários:

Quase Blog da Li disse...

Com certeza você esta com febre!
um beijo Roserouge

roserouge disse...

A transpirar, estou de certeza... um beijo, Li

João Menéres disse...

Por acaso (desculpa a expressão, mas não é depreciativa !) até era muito interessante e JUSTA !
Eu já ficava contentinho se desse para descontar no IRS!
Como querem fomentar a CULTURA nas camadas economicamente mais débeis?

Também há uns CONVITES...
Não consegues?
Mexe os teus cordelinhos, Bé !

Um beijo concordante.

roserouge disse...

Ah, ganda João! Assim é que é falar! Jazz para o povo! Lindoooooo!! Clap, clap, clap...
Bem, por acaso até conheço muita gente, mas ali na Gulbenkian nem por isso. Mas se tu conheceres... e se aqui a pobre não tiver que se incomodar a comprar o bilhete...

bj.

João Menéres disse...

Creio já te ter dito, que as minhas relações na FCG se foram perdendo com as sucessivas alterações de Directores e Administradores...

Mas, qq coisa que te interesse aqui na CdM, avisa.
Já sei que tens a deslocação (que é mais dispendiosa quase sempre!).

Preso por ter cão, preso por não ter...

Andas a merecer um mimo (há muito !).


Para já, contenta-te com um beijo amigo, fáfavor.

roserouge disse...

Aaaaaaaaaaaah, Joãaaaaaaaaooooo, obrigada!