sexta-feira, junho 04, 2010

In Cold Blood

Sou um escritor completamente horizontal. Não consigo pensar a não ser que esteja deitado, seja na cama ou esticado num sofá e com um cigarro e um café à mão. Tenho de estar sempre a dar baforadas e a bebericar. À medida que a tarde avança, vou passando do café para o chá de menta, o xerez e o martini. - Truman Capote

In Entrevistas da Paris Review
Selecção e Tradução - Carlos Vaz Marques

2 comentários:

Quase Blog da Li disse...

Lembrei do "Capote" o filme...
É muito bom!
beijo Roserouge

expressodalinha disse...

E se a tarde avançar mais onde acabará a horizontalidade?